16/01/2019 – O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, entregou carta ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informando que vai deixar o cargo antecipadamente.

Para a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Décio Oddone cumpriu uma agenda importante para o setor de biocombustíveis, e em especial, para a evolução do biodiesel no Brasil, no período em que ocupou a diretoria-geral da ANP.

“A Ubrabio, representando todos os elos da cadeia do biodiesel, bioquerosene e diesel verde, cumprimenta o diretor-geral Décio Oddone pela atuação ao longo dos últimos anos em favor da continuidade da ampliação das misturas obrigatórias de biodiesel e nas ações que permitiram a regulamentação e implementação do RenovaBio, dentro do prazo previsto. Com certeza, ele desempenhou um trabalho importante para consolidação dos biocombustíveis na matriz energética brasileira”, ressalta o diretor superintendente da Ubrabio, Donizete Tokarski.

O mandato de Décio Oddone se encerraria em dezembro deste ano. Mas ele vai permanecer apenas até o nome do seu substituto ser aprovado.

print