Por ano, a poluição do ar já mata mais que o cigarro. Mas ainda há tempo para reverter este quadro, com a substituição de combustíveis fósseis por renováveis

05/06/2019 – Vegetação, animais, solo, ar, água, alimentos, matérias-primas… Resumindo: vida! O meio ambiente é precioso e sua preservação é fundamental.

Hoje, 5 de junho, é o Dia Mundial do Meio Ambiente e a ONU traz como tema em 2019 a Poluição do Ar. Uma questão crítica tanto para a natureza quanto para quem luta para preservar a saúde em meio à correria diária entre trabalho, estudos, contas, trânsito, filhos ou atividades domiciliares que já são grandes desafios.

Com muito esforço, tentamos cuidar da saúde, ter uma boa alimentação, praticar exercícios físicos, dormir bem, beber muita água, não fumar etc. Porém, um dos grandes vilões tem nos acompanhado todo o tempo e é praticamente impossível fugir das suas ameaças à saúde. Este vilão é o ar que a poluição tem transformado em nocivo.

Nove em cada dez pessoas em todo o mundo respiram ar poluído , sujeitas ao risco de doenças respiratórias ou cardiovasculares, asma, alergias, propagação de parasitas e vetores de doenças. Essa ameaça silenciosa já mata mais gente do que o tabaco, anualmente.

Mas ainda há tempo de reverter o quadro, rumo à transição para um desenvolvimento econômico mais limpo. A diminuição do uso de combustíveis fósseis, por exemplo, um dos grandes responsáveis pelo efeito estufa e aquecimento global, por meio da substituição por biocombustíveis, como o biodiesel, é uma das estratégias para melhorar a qualidade do ar que respiramos.

Atualmente, todo o diesel comercializado no país conta com 10% de biodiesel, em atendimento à Lei 13.263/2016, mas poderíamos estar usando muito mais. Quanto maior a produção e consumo deste biocombustível, menor será a dependência de diesel fóssil.

Além de ser importante para a segurança energética, ele desempenha um papel fundamental na manutenção de vida no planeta, ao retirar toneladas de carbono da atmosfera.

O meio ambiente é como a terceira lei de Newton: Para toda ação, existe uma reação. Se queremos bons resultados, devemos cuidar das riquezas naturais.

print