imprimir

AUTORES: Guilherme Duenhas Machado (DEQ/UTFPR-LD, guilhermed@utfpr.edu.br) e Donato Alexandre Gomes Aranda (DEQ/UFRJ, donato@eq.ufrj.br)

RESUMO: O biodiesel é um potencial substituto viável para o diesel de petróleo. Seu método convencional de produção faz uso da reação de transesterificação de óleos refinados com o uso de catalisadores alcalinos. Tal método apresenta diversos inconvenientes essencialmente na etapa de purificação, encarecendo o processo e gerando resíduos indesejáveis (Maand Hanna 1999). Para suplantar tal fato, métodos alternativos têm sido estudados, como o processo combinado da hidroesterificação, que possibilita a utilização de óleos vegetais de baixo custo e traz muitas vantagens, entretanto, tal tecnologia disponível exige ainda duas etapas distintas, uma para a reação química e posterior separação dos produtos (Aranda et al. 2009). Este trabalho reúne simulações computacionais de um processo de produção de biodiesel multi-etapas por hidroesterificação considerando óleo de soja como matéria graxa. A reação de hidrólise (etapa 1) utiliza um reator deleito empacotado PBR (Packed Bed Reactor) e a reação de esterificação (etapa 2) leva em conta o uso de uma Coluna de Destilação Reativa (CDR), que combina a reação química dos reagentes e separação dos produtos no mesmo equipamento.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 2, p. 779