Biodiesel, Notícias Gerais

Reciclagem de resíduos solídos ganha força na cidade

(23/11) Dar destinação ao óleo de cozinha, por exemplo, é uma iniciativa que passou a fazer parte da rotina de Lucas do Rio Verde-MT. O projeto “Novo Óleo” consiste na coleta do resíduo armazenado por moradores e comerciantes, para que seja reutilizado na transformação de biodiesel. Implantada em 2009 pela empresa Fiagril, a iniciativa já foi expandida para os municípios de Sorriso, Nova Mutum e Sinop.

Biodiesel, Notícias Gerais

Energia renovável é um dos elos entre Brasil e China

(03/11) Entre os dias 3 e 6/11, a Embrapa Agroenergia sedia o 9º Simpósio Internacional de Bionergia “9th World Bionergy Symposium”. A ação tem por objetivo dar visibilidade às atividades de pesquisa em desenvolvimento no Brasil, principalmente, no que se refere aos conceitos de bioenergia e biocombustíveis. Durante o período do evento, os participantes irão conhecer também a usina de biodiesel da Granol, que fica em Anápolis.

Biodiesel, Notícias Gerais

Biodiesel é estratégico para o país, afirma Eduardo Braga

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, abordou nesta quinta-feira (29) a importância da discussão do programa de biodiesel na matriz energética nacional no contexto da busca por fontes de energia mais sustentáveis. Segundo Braga, o Brasil possui vantagens comparativas extraordinárias em relação a outros países e não pode abrir mão de suas vocações macroeconômicas.

Notícias Gerais, Pesquisa e Inovação

Começam testes com mudas de pinhão-manso resultantes de cruzamentos

(29/10) A expectativa é que a produção de óleo de pinhão-manso atenda a duas cadeias produtivas principais: a do biodiesel e a do bioquerosene de aviação. O primeiro está no mercado brasileiro desde 2005. A produção das usinas no ano passado foi de quase 3 milhões de m³. Ao fim deste ano, esse número deve subir, já que a mistura do biocombustível ao diesel fóssil subiu de 5% para 6% e passará a ser de 7% em 1º de novembro.

Bioquerosene, Notícias Gerais

Brasil pode ser 1º a explorar biocombustível de avião, dizem executivos

(01/08) Adilson Liebsch, diretor comercial da Amyris, prevê um prazo um pouco maior para a adoção do combustível verde em grande escala.“O etanol levou duas décadas para se tornar competitivo. Quando começamos com o biodiesel, em 2008, o custo era muito maior do que o do diesel. Hoje, é competitivo, porque a indústria ganhou escala e eficiência. Imagino que o biocombustível de aviação, num horizonte de cinco anos, já esteja competitivo também”, afirma.

WordPress Theme built by Shufflehound. União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene - Ubrabio - Todos os direitos reservados |SHIS QL 12, Conjunto 07, Casa 05 - Brasília, DF 71630-275 |Telefone (61) 2104-4411 - E-mail: faleconosco@ubrabio.com.br | Desenvolvido por Agência Cardume
Ubrabio
USABrazil