imprimir

AUTORES: Monique da Silva dos Santos (EQ/UFRJ, monique.dsds@gmail.com), Donato Alexandre Gomes Aranda (EQ/UFRJ, donato@eq.ufrj.br), Carlos Alberto Nunes Cosenza (PEP-COPPE/UFRJ, cosenza@pep.ufrj.br)

RESUMO: Com o propósito de fornecer subsídios parapolíticas públicas e iniciativas privadas de desenvolvimento da cadeia produtiva do biodiesel, este trabalho avaliou a localização das usinas do setor no Brasil. A avaliação foi realizada por meio do Modelo de Análise Hierárquica COPPE-COSENZA, elaborado pelo Programa de Engenharia de Produção (PEP) da COPPE/UFRJ e aprimorado pelo Professor Carlos Alberto Nunes Cosenza. A metodologia é fundamentada nos mecanismos de raciocínio proporcionados pela lógica fuzzy e na Teoria dos Conjuntos Fuzzy. O modelo viabiliza uma comparação entre as demandas das usinas de biodiesel e a oferta territorial de fatores relativos aos seus insumos, produtos e resíduos, às utilidades básicas, à infraestrutura e às questões socioeconômicas e políticas relevantes para o tema. Esses fatores não são analisados adequadamente apenas por parâmetros numéricos, mas também por parâmetros linguísticos, o que dificulta o uso de métodos convencionais.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 2, p. 811