imprimir

AUTORES: Filipe Lins da Silva (IQB/UFAL, filipe.lins@hotmail.com), José Anderson Silva de Freitas (IQB/UFAL), Bruno Salgueiro (IQB/UFAL), Lucas Natã de Melo (IQB/UFAL, lucasndm@outlook.com), Wenjohn Washington Lima da Silva (IQB/UFAL), Jeilma Rodrigues do Nascimento (IQB/UFAL), Janaína HeberleBortoluzzi(IQB/UFAL, janaa90@hotmail.com), Simoni Margareti Plentz Meneghetti (IQB/UFAL).

RESUMO: Os processos de obtenção de biodiesel por transesterificação podem ser melhorados e ter o comportamento de seu meio reacional melhor compreendido através da aplicação de parâmetros físico-químicos. Neste estudo, várias misturas, que simularam condições reacionais,foram obtidas e devidamente caracterizadas. A produção de biodiesel etílico de soja por transesterificação alcalina foi simulada em escala laboratorial através da obtenção de parâmetros físico-químicos durante o processo reacional. Foram realizadas análises dos parâmetros físico-químicos (massa específica,viscosidade cinemática, teor de água, teor de álcool, teor de monoésteres, teor de mono-, di- e triacilglicerídeos, pH e índice de acidez) das amostras obtidas e possíveis correlações entre os parâmetros físico-químicos para as várias amostras obtidas durante o processo reacional foram determinadas.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 2, p. 777