imprimir

Representantes do setor de biocombustíveis estiveram reunidos ontem (08/05) no auditório do CNPq, em Brasília, para dialogar sobre as perspectivas para o setor com a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) e a consulta pública lançada pelo Ministério de Minas e Energia na última semana.

O evento contou com dois paineis durante a manhã: “Perspectivas de Mercado e Rotas de Produção do Bioquerosene” e “Conceitos, Objetivos e Ferramentas do RenovaBio”. Já na parte da tarde, os participantes puderam fazer suas considerações e questionamentos em relação à consulta pública para as autoridades, pesquisadores e representantes da indústria.

Organizado pela Ubrabio União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene), Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), Embraer e Rede Brasileira de Bioquerosene e Hidrocarbonetos Renováveis de Aviação, o seminário contou com apoio do Ministério de Minas e Energia, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Embrapa, CNPq, Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) e GOL Linhas Aéreas.

Veja as apresentações:

Abertura

Painel – Perspectivas de Mercado e Rotas de Produção do Bioquerosene

Painel 2 – Conceitos, Objetivos e Ferramentas do RenovaBio

Debates