Foram ofertados 770,2 milhões de litros, com deságio médio de 24,7%.
Leilão será finalizado nesta sexta com deságio de 4% em relação a quinta.

O primeiro dia de leilão de biodiesel da Agência Nacional do Petróleo (ANP), nesta quinta, comercialisou 439,2 milhões de litros, segundo nota da empresa divulgada nesta sexta-feira (9).

Após os lances, os produtores puderam revisar suas ofertas, visando manter ou reduzir seus preços para a concorrência do segundo dia e último dia de lances, nesta sexta. Com isso, as novas ofertas terão um deságio de 4,08% em relação aos preços do primeiro dia de lances.

Nesta sexta, o volume máximo a ser arrematado pelas distribuidoras não poderá ser superior a 109,9 milhões de litros. Somente poderão participar do segundo dia as distribuidoras que arremataram ofertas no primeiro dia de lances.

Arretamados

No primeiro dia de leilão, o volume total ofertado foi de 770,2 milhões de litros de biodiesel, com um deságio médio de 24,7%, quando comparado com o Preço Máximo de Referência Médio (R$ 2.512,06/m³).

O volume será fornecido por produtores de todas as regiões do país, sendo 43,34% no Centro-Oeste; 38,56% do Sul; 9,58% do Nordeste; 8,35% do Sudeste e 0,16% do Norte.

O leilão será concluído nesta sexta e os resultados estarão sujeitos à homologação pela diretoria da ANP.


print