O Governo Federal publicou nesta quinta-feira um estudo que traz informações sobre as áreas aptas para o cultivo de palma de óleo em vários estados brasileiros. Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, publicados no Diário Oficial da União desta quinta (18.11), o estudo tratará de temáticas como: melhor período climático para o plantio da oleaginosa,  lista de municípios aptos ao cultivo e  tipos de solos indicados para a safra 2010.
Os municípios citados no estudo estão no Pará, Roraima e Bahia. O objetivo é minimizar os riscos ao plantio em decorrência das adversidades climáticas. Foi lançado em maio deste ano, em Belém do Pará, o Programa de Produção Sustentável da Palma de Óleo no Brasil. Desde então, a oleaginosa tem ganhado mais visibilidade no mercado.
O cultivo da palma de óleo no Brasil teve seu início no século XVII. Uma de suas principais utilizações é a produção de Biodiesel. Desde então vários estudos e pesquisas vêm sido desenvolvidos para que as técnicas de produção possam ser cada vez mais aperfeiçoadas. As principais dificuldades ainda enfrentadas são as referentes ao clima de cada região.
print