imprimir

O ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, nomeou o engenheiro Marcio Felix como novo secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (SPG) da pasta, cargo que ele já havia ocupado durante parte do governo de Michel Temer, segundo publicação no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (14/01).

Ex-executivo da Petrobras, onde chegou a ser gerente-geral de América do Norte e África na área de Exploração e Produção Internacional, Felix ocupou a área de óleo e gás e posteriormente a secretaria-executiva do ministério de Minas e Energia no governo anterior.

À frente da SPG, Félix comandou a equipe que desenvolveu a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), além de fortalecer as discussões para o estabelecimento do cronograma de evolução da mistura de biodiesel no Brasil.

Segundo Márcio Félix, o RenovaBio estará na “ordem do dia” neste novo governo. “Vamos trabalhar todos juntos com a brilhante equipe do Departamento de Biocombustíveis (DBIO) do MME”, destacou.

Para a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), a nomeação é uma ótima notícia para o setor de biocombustíveis, que conquistou grandes avanços nos últimos dois anos, por meio da possibilidade de diálogo aberto com o MME.

“Nos últimos dois anos, tivemos um diálogo constante com o ministério, e pudemos observar o comprometimento e transparência de toda a equipe do Departamento de Biocombustíveis, do secretário Márcio Félix, e do ex-secretário João Vicente. Esperamos que esse trabalho continue, para que a sociedade brasileira possa se beneficiar de combustíveis cada vez mais limpos”,  celebrou o diretor superintendente da Ubrabio, Donizete Tokarski.

Márcio Felix é graduado em Engenharia Eletrônica pela Universidade de Brasília, com especialização em Engenharia do Petróleo pela Universidade Petrobras e MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

*Com informações da Reuters