imprimir

AUTORES: Vinicius Rossa (TPQB/UFRJ, vinnyrossa@gmail.com), Yolanda da Silva Penha Pessanha (TPQB/UFRJ, yolandaspp@gmail.com), Vitor Luiz Pereira de Souza (EQ/UFRJ, vitorsouzaufrj@hotmail.com), GiselChenard Díaz (EQ/UFRJ, gisemarina@yahoo.es), Sibele Berenice CastellãPergher (IQ/UFRN, sibelepergher@gmail.com), Donato Alexandre Gomes Aranda (DEQ/UFRJ, donato.aranda@gmail.com)

RESUMO: Para cada litro de biodiesel produzido por transesterificação de óleos e/ou gorduras são obtidos 100mL (10%) de glicerina. Mesmo que vários produtos contenham glicerina ou glicerol em sua formulação ainda não é o suficiente para atender a demanda. Sendo necessário convertê-la em produtos de maior valor agregado. Assim surgiu a gliceroquímica que abrange reações do tipo cetalização, acetalização, carbonatação, desidratação, esterificação, eterificação, hidrogenólise, oxidação, cloração entre outras . Neste trabalho foi estudado a produção de Solketal pela reação de cetalização de glicerol com acetona na presença de catalisadores ácidos (H-BEA e H-FER). O Solketal é um excelente aditivo para a gasolina, pode ser usado na formulação do óleo diesel e biodiesel. Também pode ser usado como “Solvente Verde”.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 2, p. 723