Pela primeira vez, na principal feira agropecuária do Centro-Oeste, AgroBrasília, vai acontecer um Circuito de Energias Renováveis dentro do espaço destinado aos agricultores familiares. Esse evento possui importante papel na difusão de conhecimento técnico, especialmente aos pequenos agricultores, com o Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (EVAF). A Feira acontece de 10 a 14 de maio realizada pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF).

Para mostrar as fontes renováveis de energia a Emater/DF, Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a Embrapa Agroenergia estão organizando a instalação de energia solar, eólica e as originárias da biomassa, como biogás e biodiesel.

“Nesse espaço pretendemos mostrar aos pequenos produtores as diversas fontes de energias renováveis que podem ser usadas na sua propriedade”, conta Névio Guimarães, extensionista da Emater responsável por este Espaço da EVAF. Será montada uma tenda para apresentar o que está se fazendo de pesquisas para ampliar a aplicabilidades dessas fontes. A Embrapa Agroenergia mostrará o biogás e vai fazer biodiesel ao vivo e mostrar as matérias-primas para essa produção. Nesta visita, a equipe do MDA estará explicando como o agricultor familiar participa do Programa Selo Combustível Social.

Marco Pavarino, coordenador de biocombustíveis do MDA, reforça a importância de se mostrar essa a aplicabilidade. “No campo, em geral, existe a disponibilidade de sol, vento e biomassa residual, que são fontes passíveis de conversão em energia elétrica em processos de pequena escala. Essa energia gerada de forma descentralizada permite que locais onde a disponibilidade de energia é precária ou inexistente tenham condições de se desenvolver, seja pelo provimento de condições de acesso a água e seu uso como, por exemplo, a irrigação, fornecimento de calor para secagem de produtos, resfriamento de leite, etc”. Guy de Capdeville, chefe de pesquisa da Embrapa Agroenergia reforma que a parceira na AgroBrasília é muito positiva, pois é uma oportunidade de divulgar as tecnologias que estamos desenvolvendo para apoiar no desenvolvimento dos agricultores. “Temos a consciência de que ofertar tecnologia na parte de energia é fundamental para o crescimento do setor rural”, destaca.

Já existem iniciativas nas diversas regiões brasileiras, destaca Pavarino, como é o caso de unidades demonstrativas com sistemas híbridos, solar e éolica, instalado em áreas de agricultores familiares, em parceria com a Embrapa Clima Temperado lá no Rio Grande do Sul. E, nesta linha outras iniciativas estão sendo discutidas para outras regiões, como já se vem negociando para implantação de unidades no município de Cristalina/GO.

Seminário

Na terça-feira, 10/04, a três instituições, Emater/DF, Embrapa Agroenergia e a Coordenadoria de Biocombustíveis do MDA realizam o Seminário de Energias Renováveis para Agricultura Familiar. O Seminário será realizado no auditório da Emater, às 10h, na AgroBrasília. Também estarão presentes no evento a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a Associação Brasileira de Biogás e Biometano (Abiogás) e as empresas Enersurd, Eco-Inove e Ecam, além da Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal. Mais informações a respeito do Seminário no Núcleo de Comunicação Organizacional da Embrapa Agroenergia pelo telefone 61 – 34481581 ou pelo e-mail agroenergia.eventos@embrapa.br

Embrapa na Agrobrasília

Além do Circuito de Energias Renováveis na EVAF, a Embrapa apresentará, na feira, cerca de 30 soluções para a agricultura, em um estande e na vitrine de tecnologias. Na vitrine, os visitantes poderão conhecer variedades de soja, milho, sorgo, trigo, forrageiras e hortaliças.

Durante a AgroBrasília, a empresa vai lançar uma variedade de soja transgênica com tolerância ao herbicida glifosato e o livro “Hortaliças de propagação vegetativa: tecnologia de multiplicação”. A Embrapa também promoverá o Fórum “Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono” e o Dia de Campo “Intensificação Sustentável da Agroenergia”.


print