A participação dos biocombustíveis na matriz energética veicular chega a mais de 22%, informou nesta quinta-feira (14) o diretor de da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Aurélio Amaral.

Em cerimônia realizada ontem no Rio de Janeiro, Amaral tomou posse do novo cargo e agora assume a Diretoria 1 da Agência, ficando responsável pelas superintendências de Abastecimento, Fiscalização do Abastecimento, Biocombustíveis e Qualidade de Produtos, e Definição de Blocos.

Em seu discurso, Amaral destacou a importância dos combustíveis renováveis para o País.

“Estarei igualmente dedicado ao setor dos biocombustíveis, pois além de reduzir a nossa dependência externa de combustíveis fósseis, permite o desenvolvimento do agronegócio, gera emprego e contribui, de forma inestimável, ao meio ambiente”.

Amaral também apontou o papel da ANP no êxito da introdução do biodiesel na matriz energética nacional, “sendo responsável pela execução dos leilões públicos do produto, cuja comercialização representou cerca de R$ 8,5 bilhões, no ano passado”, ressaltou.

Leia também

Aurélio Amaral toma posse como diretor da ANP


print