A United Airlines fez história ao tornar-se a primeira companhia aérea dos Estados Unidos da América ao utilizar em escala comercial biocombustíveis sustentáveis de aviação nas ligações regulares com partida do Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX) nos códigos de voo 708. O lançamento é um marco significativo na indústria da aviação comercial, passando de uma demonstração e programas de teste para o uso de biocombustíveis avançados para as operações em curso da Companhia Aérea norte-americana.

A United concordou em comprar até 15 milhões de litros de biocombustível sustentável à Altair Paramount durante um período de três anos. A companhia aérea começou a usar o biocombustível nas suas operações diárias no LAX, com armazenamento e abastecimento da mesma forma como o combustível tradicional. (Na foto o avião Eco-Skies Boeing 737-900).

Para realçar essa conquista, a United Airlines vai operar os voos entre Los Angeles e San Francisco com o uso regular de combustível renovável da Altair Paramount por duas semanas, e ao mesmo tempo, integrar este combustível nas suas operações regulares no aeroporto.

Este biocombustível converte matéria vegetal não-comestível e de origem sustentável como óleos naturais e resíduos agrícolas em combustível de jato. Esta utilização permite uma redução superior a 60% das emissões de carbono quando comparado ao combustível produzido a partir do petróleo tradicional.

Em 2009, a United realizou um voo de demonstração de biocombustíveis e em 2011 tornou-se a primeira Companhia Aérea dos EUA a operar um voo com este tipo de fuel. No ano passado anunciou um investimento de 30 milhões de dólares no produtor Fulcrum BioEnergy, Inc., pioneira no desenvolvimento e comercialização de conversão de resíduos sólidos urbanos em biocombustíveis low cost para a aviação sustentável.


print