Empossada como diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard, destacou a importância do biodiesel em seu discurso. A primeira mulher a ocupar a diretoria geral da agência falou sobre a inserção do biodiesel na matriz energética brasileira, afirmando que durante a Conferência Rio +20 o Brasil estará em uma situação confortável para dizer ao mundo que possui políticas públicas voltadas à melhoria da qualidade do ar e da vida no planeta.

Magda disse ainda que a ANP reconhece a importância do biodiesel, tanto é que autorizou o uso de percentuais maiores daquele biocombustível para várias frotas cativas, como teste. “Testes, aliás, que estão sendo muito bem sucedidos”, ressaltou.
A nova diretora falou ainda sobre a contribuição do biodiesel ao agronegócio brasileiro. “Tanto a política do etanol como a do biodiesel reforçam, em muito, o agronegócio brasileiro, mas são, também, uma contribuição inestimável ao meio-ambiente”, concluiu.

A solenidade de posse da diretora-geral da ANP foi realizada na última quarta-feira (21/03) e contou com a participação da presidenta Dilma Rousseff. A Ubrabio também prestigiou o evento. Estiveram presentes o presidente do Conselho Superior da entidade, Juan Diego Ferrés, o diretor-superitendente, Donizete Tokarski, o diretor-executivo, Sérgio Beltrão, o presidente executivo, Odacir Klein, e Paulo Mendes, da B100, uma das empresas associadas à Ubrabio.


print