A Comissão de Finanças do Senado dos Estados Unidos aprovou esta semana (22/07) um pacote de incentivos fiscais que inclui benefícios para biodiesel, diesel renovável e biocombustíveis celulósicos de segunda geração. A medida aguarda agora a aprovação do plenário.

A lei pode estender incentivos para biodiesel e diesel renovável por dois anos, até 2016. A extensão seria aplicável ao crédito de US$ 1,00 por galão de biodiesel (3,785 litros) e diesel renovável, e de 10 centavos de dólar por galão aos produtores de agro-biodiesel.

“O crédito fiscal sobre o biodiesel é um incentivo econômico incrivelmente eficaz, que cria postos de trabalho em usinas de biodiesel em todo o país e fortalece a segurança energética americana, enquanto reduz drasticamente a poluição”, afirmou Anne Steckel, vice-presidente de Assuntos Federais para o National Biodiesel Board. “Queremos agradecer a Comissão de Finanças do Senado por assumir a liderança no tema e avançar para restabelecer estas disposições importantes. Estamos ansiosos para trabalhar com a comissão para o avanço da proposta e exortar os líderes de ambos os partidos para tratar esses incentivos expirados com um senso de urgência. Esta é a política econômica inteligente que paga dividendos enormes”, concluiu.

Para ler a matéria completa em inglês clique aqui

Leia também:
● Políticas de incentivo estimulam o uso intensivo de misturas de biodiesel superiores a 10% nos EUA
● ‘Biocombustíveis: quanto mais, melhor’, afirma MME


print