imprimir

O ex-ministro da Fazenda Delfim Netto destacou que o mundo já “caminha na direção certa” de substituir combustíveis fósseis por renováveis. De acordo com ele, o incremento de produção biocombustíveis hoje já supera o de não renováveis. “Etanol e biodiesel são os únicos que conseguem competir com os fósseis em transmissão de carga”, exemplificou ele, durante plenária no Ethanol Summit 2015, em São Paulo.

Ainda assim, atualmente as fontes de energia renováveis respondem por apenas 22,8% da matriz mundial, ao passo que as não renováveis, basicamente petróleo, por 77,2%, afirmou.

Conforme o ex-ministro, o Brasil precisa dar mais ênfase ao investimento em energia renovável para alcançar um crescimento robusto de sua economia. Além disso, acrescentou, o País necessita também “agir em educação e saúde”, em capital privado, investir em tecnologia e fortalecer a exportação. “Temos, sim, condições de recuperar um ritmo de crescimento se soubermos corrigir nossos erros.”