O Presidente do Conselho Superior da Ubrabio, Juan Diego Ferrés, o Presidente da entidade, Odacir Klein, Donizete Tokarski, Diretor Superintendente, e o Diretor Executivo, Sérgio Beltrão, participaram ontem (14/03) da solenidade de posse do novo Ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas.  Vargas assume o cargo afirmando que uma de suas prioridades na pasta, por determinação da presidente Dilma Rousseff, será o fortalecimento da Agricultura Familiar, buscando assim erradicar a pobreza extrema do meio rural.
 
“O Biodiesel tem papel fundamental no incremento à Agricultura Familiar, uma vez que este é um dos objetivos traçados desde o início pelo Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel, o PNPB”, afirmou Ferrés. Segundo ele, o discurso de posse do Ministro Pepe Vargas mostra a necessidade de consolidar ainda mais o programa brasileiro de produção do Biodiesel, o que acontecerá com a aprovação de um novo marco regulatório para o setor.
 
Hoje, já são mais de 100 mil famílias de agricultores familiares inseridas no PNPB, segundo informações do MDA. Os dados mostram ainda que as aquisições de matérias-primas da agricultura familiar pelas empresas de biodiesel aumentaram de R$ 68,6 milhões em 2006 para R$ 1,058 bilhão em 2010. Em 2011 os números foram ainda maiores. Somente nos nove primeiros meses do ano foram registradas compras no valor de R$ 1,2 milhão, ritmo de crescimento que, segundo o MDA, deve continuar em 2012.
 
Para o presidente da Ubrabio, Odacir Klein, os números do MDA refletem apenas o sucesso de um programa que, apesar de recente, mostra que veio para tornar a matriz energética brasileira mais sustentável, trazendo como consequência benefícios incalculáveis nas áreas social, econômica, ambiental e de saúde pública, uma vez que o Biodiesel contribui para o aumento da renda no campo, além de contribuir com a balança comercial brasileira, com a redução do efeito estufa e reduzir gastos com saúde pública decorrentes da poluição.
 

Por Assessoria de Comunicação Social – Ubrabio


print