17/12/2019 – No 70º Leilão de Biodiesel da ANP, foram arrematados 1,04 bilhão de litros de biodiesel para atendimento às misturas obrigatória e voluntária nos meses de janeiro e fevereiro de 2020. Do total comercializado, 99,2% foram oriundos de produtores detentores do selo Combustível Social.

A demanda por biodiesel dos distribuidores de combustíveis líquidos superou a previsão da ANP, que havia projetado que seriam comercializados 978 milhões de litros de biodiesel para abastecimento deste biocombustível no primeiro bimestre de 2020.

O valor total negociado atingiu o patamar de R$ 3,132 bilhões, sem considerar a margem da adquirente, e o preço médio de negociação foi de R$ 3,012/L, um deságio médio de 16,23% quando comparado com a média ponderada dos “Preços Máximos de Referência” regionais (R$ 3,596/L).

A apresentação das ofertas de biodiesel ocorreu em um único dia (02/12), com 41 produtores disponibilizando um volume total de 1,19 bilhão de litros.

Em seguida, no primeiro dia de seleção das ofertas (04/12), foram arrematados 1,008 bilhão de litros pelos distribuidores de combustíveis, volume oriundo exclusivamente de produtores detentores de selo Combustível Social.

No segundo dia de seleção das ofertas (10/12), foram arrematados 30,9 milhões de litros de biodiesel de produtores detentores ou não de selo Combustível Social.

O processo de apresentação de ofertas de biodiesel pelas usinas e de seleção pelos distribuidores para mistura voluntária ocorreu no dia 11/12. Foram negociados 400 mil litros de biodiesel.

Ressalta-se que o 70º Leilão (L70) visa ao abastecimento de biodiesel no mercado nacional durante o período de 01 de janeiro a 29 de fevereiro de 2020, conforme os critérios estabelecidos no Edital de Leilão Público nº 007/19-ANP. Os volumes comercializados no leilão deverão ser homologados na reunião da Diretoria Colegiada da ANP que será realizada em 19/12.

Fonte: ANP

print