02/12/2019 – Representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Embrapa Agroenergia e Ubrabio estiveram nesta segunda-feira (02/12) com o ministro de Minas e Energia (MME), Bento Albuquerque, para entregar uma homenagem do VII Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia e Inovação de Biodiesel, que aconteceu em novembro em Florianópolis.

Durante a homenagem, o secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC, Paulo Alvim, apresentou os resultados do Congresso, que contou com a participação de mais de mil pessoas, demonstrando a força do biodiesel no Brasil. Alvim também agradeceu ao ministro e sua equipe pelo trabalho que vem sendo feito para a promoção dos biocombustíveis no país.

O ministro Bento Albuquerque destacou que inovação e desenvolvimento tecnológico são a chave para a sustentabilidade. Para ele, é preciso capitalizar o RenovaBio, uma “bem-sucedida política de Estado”.

Albuquerque afirmou que participará da COP 25, a Conferência do Clima da ONU, para falar de transição energética e descarbonização e seu “carro-chefe“ será o RenovaBio. “Me sinto orgulhoso de poder expor programas como esse”.

Para o chefe-geral da Embrapa Agroenergia, Guy de Capdeville, a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) tem um enorme potencial de impacto e pode ser expandido para outros setores da economia. “Essa lógica de mostrar todo o caminho da sustentabilidade na produção pode ser aplicada a diversos outros setores econômicos”.

O diretor superintendente da Ubrabio, Donizete Tokarski, também reforçou o reconhecimento à equipe do MME na condução da agenda dos biocombustíveis. Tokarski informou ao ministro que o volume ofertado no 70° Leilão de Biodiesel – para atender à mistura obrigatória B11 em janeiro e fevereiro do ano que vem – chegou a 1,19 bilhão de litros. “A demanda estimada é de aproximadamente 1 bilhão de litros, então teremos uma sobra de praticamente 200 milhões de litros, o que mostra que estamos prontos para o B12 em março de 2020”.

Tokarski também pediu uma atenção maior do MME na pauta do bioquerosene de aviação de do HVO (diesel verde), para formulação de uma política pública que possa dar previsibilidade de fomentar a instalação definitiva desta nova indústria no país.

print