imprimir

Há um crescente consenso internacional de que a ampliação da bioenergia moderna é necessária e pode ser feita de forma sustentável. Por isso, formuladores de políticas dos 20 países fundadores da Plataforma para o Biofuturo, representantes do setor industrial, pesquisadores e outros na primeira Cúpula para o Biofuturo (´Biofuture Summit´) estarão em São Paulo para dialogar e trocar experiências sobre as melhores formas de alcançar uma bioeconomia de baixo carbono.

A Cúpula é organizada conjuntamente pelo governo do Brasil, como membro da Plataforma para o Biofuturo, uma iniciativa multilateral de 20 governos; e pelo projeto below50, liderado na América do Sul pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS). A Cúpula combinará dois diferentes eventos: a primeira conferência política da Plataforma para o Biofuturo e o “RoadShow” do below50.

O objetivo é realçar a necessidade urgente de ampliar o uso da bioenergia sustentável de forma a manter a temperatura global dentro dos níveis acordados internacionalmente, uma necessidade cada vez mais evidente pelo modelo climático e econométrico recente. Também proporcionará um debate focado no que os governos, o setor privado e as instituições de pesquisa podem fazer para superar os significativos desafios a fim de atender àquela necessidade e criar uma bioeconomia de baixo carbono sustentável e em larga escala.

As deliberações da Cúpula podem contribuir para a Declaração da Visão para o Biofuturo a ser endossada pelos 20 países da Plataforma para o Biofuturo na ocasião da 23ª Conferência das Partes (COP23) da Convenção-Quadro das Na&ccedi l;ões Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC, em inglês).

O download do programa do evento pode ser feito aqui ou acessado no site da Plataforma Biofuturo.

A participação é livre para todos os convidados através de inscrição online. O número de assentos é limitado. Faça a sua inscrição!