No Rio Grande do Sul, a Camaquã Distribuidora instalou uma usina de biodiesel para produzir e utilizar o biocombustível na frota de caminhões da empresa, que distribui alimentos em 96 cidades gaúchas.

A Usina tem capacidade da produção de 150 mil litros/mês e irá processar exclusivamente óleos e gorduras residuais (OGR) – óleo de cozinha usado. A expectativa é uma produção inicial de 20 mil litros mês, dependendo do volume de matéria-prima disponível.

O diretor comercial da Camaquã Distribuidora, Márcio da Silva, destaca o papel estratégico do empreendimento. “A proteção ao meio ambiente com redução de emissões de gases de efeito estufa de nossa frota de caminhões, aliado à logística reversa de produtos que distribuímos em nossas operações, como os óleos vegetais e gorduras, bem como nossa responsabilidade socioambiental estão entre os nossos objetivos”, ressalta.

A empresa atende toda a cadeia alimentar, desde supermercados, mercados, mercearias, padarias, restaurantes, açougues, lanchonetes, hotéis, churrascarias, entre outros. Dispõe de mais de seis mil clientes ativos.

“Queremos nos tornar uma das primeiras distribuidoras no país a distribuir produtos com combustível 100% sustentável”, conclui Márcio.

A distribuição é realizada por uma frota de 52 caminhões movidos a diesel. A expectativa é operar com o uso de biodiesel em toda a frota, estimando a redução de até 70% nas emissões de gases de efeito estufa.

Considerando a produção e uso de 20 mil litros de biodiesel, a frota de caminhões será responsável pela redução de 50 toneladas de CO2eq (Carbono Equivalente é o somatório de todos os gases de aquecimento global) ao mês e pela proteção de cerca de 500 milhões de litros d’água, pois estudos indicam que um litro de OGR – nocivo à saúde humana e ao meio ambiente – polui o equivalente a 25 mil litros d’água.

A usina é fabricada pela Biotechnos, empresa que pesquisa alternativas de negócios ecologicamente corretos, através do desenvolvimento e produção de máquinas e equipamentos, novos produtos industriais, projetos, assessoria e tecnologias nas áreas de bioenergia e biodiversidade, com sede em Santa Rosa (RS) e filiais nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Ela integra o Centro de Inovação e Tecnologia da USP.


print