Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram que, em março, o preço do diesel S-10 (com menor teor de enxofre) à refinaria foi de R$ 2,04/litro, 3,3% superior ao preço médio do biodiesel pago às usinas, que ficou em R$ 1,98/litro. Em abril, o diesel S-10 ao consumidor custou R$ 2,96/litro, alta de 13,4% em relação ao mesmo mês de 2014.

No acumulado do primeiro bimestre deste ano, foram produzidos 623 milhões de litros de biodiesel, alta de 28% em relação ao mesmo período de 2014. A região Centro-Oeste respondeu por 43% de todo o biocombustível fabricado, seguido das regiões Sul (37%) e Sudeste (9%). Como reflexo dessa maior produção de biodiesel, as importações de diesel fóssil recuaram 15,7% no acumulado do ano, em comparação com o mesmo período de 2014.

Na participação das matérias-primas, o óleo de soja responde por 75% da produção do biocombustível, seguido das gorduras animais (22%) e do óleo de algodão (1%).


print