O Brasil tem potencial para aumentar imediatamente a mistura de biodiesel de cinco para sete por cento. Num breve futuro, pode elevar ainda mais, reduzindo o nível de poluição atmosférica e alavancando uma cadeia produtiva sustentável, principalmente a partir da produção da soja. Para isso acontecer, é necessário mudar o marco regulatório. Essa foi a defesa do presidente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Odacir Klein, na primeira palestra da Unale, nesta quarta (22 de maio).

Na opinião de Klein, ex-ministro da Agricultura e ex-deputado federal, falar de sustentabilidade, agroenergia e alimentos significa oferecer garantias para as futuras gerações. Isso baseado no aumento da produtividade, sem degradação à natureza, em contraponto a um mundo em que a população aumenta rapidamente e a produção agrícola terá, necessariamente, que crescer. Para enfrentar esse desafio, segundo ele, é importante avançar em pesquisas que, além da lucratividade, coloquem como ponto primordial a preservação do meio ambiente.

No caso da soja, o processamento de óleo pode aumentar em até 50 por cento em pouco tempo e deixar, ainda, como subproduto, o farelo para alimentação animal.

Além do biodiesel, o etanol produzido a partir da cana-de-açúcar é outro bom exemplo de que a produção de bioenergia é o caminho do futuro e também contribui para produção de alimentos.

Na palestra, participou como debatedora a deputada do Quebec, no Canadá, Suzanne Proulx, que destacou o esforço de seu país para reduzir a emissão de poluentes e os incentivos para a aquisição de créditos de carbono, aliados à conscientização da população para poupar energia de combustíveis fósseis.

O senador russo Gennady Gorbunov analisou o potencial dos países do G 20 e do BRICS na economia mundial e no consumo alimentar. Ele disse que, até 2020, o Brasil deverá ser o maior produtor do planeta, mas ressaltou que é necessário avançar na queda de barreiras para produtos agrícolas no mundo e buscar garantias maiores para a segurança alimentar e nutricional.


print