imprimir

O diretor da ANP (Agência Nacional do Petróleo) Florival Rodrigues Carvalho assume na próxima segunda-feira (26) a direção-geral da agência, enquanto a presidente Dilma Rousseff não indica o sucessor para a vaga de Haroldo Lima, que deixou a ANP no dia 11 de dezembro.

Ele substitui o diretor Alan Kardec Duailibe, que comandava a autarquia desde a saída de Lima por um sistema de rodízio entre os quatro diretores da ANP. Cada diretor fica por seis meses como substituto no caso de ausência do diretor-geral.

Ex-superintende da ANP até maio, quando foi promovido a diretor em meio a rumores de substituiria Lima, Carvalho é especializado em engenharia de segurança e foi professor da Universidade Federal de Pernambuco.

Além de Carvalho, existem especulações de que o nome preferido por Dilma seria da diretora Magda Chambriard, mas até o momento a presidente não sinalizou nenhuma preferência para o cargo.

Ligado ao PCdoB, como Lima e Duailibe, Carvalho está cedido desde 2007 pela universidade à ANP. Na diretoria-geral, ele presidirá as reuniões de diretoria e assinará atos administrativos.

A agência não soube dizer quando o diretor-geral definitivo será indicado. O cargo é de prerrogativa exclusiva da presidência da República.