imprimir

Um tribunal em Berlim determinou nesta terça-feira (9/10) que partes da capital alemã serão fechadas para a maioria dos carros que possuem motores a diesel.

Carros a diesel com padrões Euro 0 a 5, que se referem a modelos de veículos com mais de três ou quatro anos, não poderão circular em algumas ruas de Berlim a partir de 1º de abril do próximo ano, informou o tribunal administrativo da capital.

A cidade de Hamburgo impôs medidas semelhantes e em breve Stuttgart e Frankfurt também o farão.

Os autoridades querem obrigar Berlim a aplicar os padrões máximos de poluição do ar exigidos pelo governo alemão: 40mg/m3 de óxido de nitrogênio (NOx) por ano, contra os atuais 49mg medidos no ar de Berlim.

Essa proibição futura, que atingirá, entre outros, a icônica rua Friedrichstrasse, poderá abranger cerca de 200 mil motoristas de Berlim, de acordo com estimativas da imprensa alemã.

Essa decisão se soma a uma longa lista de medidas na Alemanha e em outras cidades europeias que buscam afastar carros a diesel das principais artérias, como Madri, Roma e Bruxelas.

A questão do diesel é altamente política na Alemanha, onde o setor automotivo representa cerca de 800.000 empregos.

Fonte: Correio Braziliense