Na primeira quinzena de abril, ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação com matérias-primas alternativas para o Biodiesel serão discutidas na Embrapa Agroenergia, em Brasília, com pesquisadores e técnicos e instituições parceiras. Nas reuniões, três grandes projetos de pesquisas serão apresentados e avaliados. Pinhão-manso, dendê e palmeiras oleíferas são alternativas, em médio prazo, que poderão abastecer o Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel – PNPB.

Em relação ao dendê, a Embrapa Agroenergia tem hoje um portfólio com três projetos aprovados e em execução. O ProDendê esteve em discussão nos últimos dias 4 e 5 de abril.

Por Comunicação Social com Embrapa.

print