imprimir

AUTORES: Rafael Saraiva Nunes (NCEx-Arapiraca/UFAL, saraivos@yahoo.com.br), Simoni MargaretiPlentzMeneguetti (IQB/UFAL, Simoni.plentz@gmail.com), Mario Roberto Meneghetti (IQB/UFAL, mrmeneghetti@gmail.com).

RESUMO: Mesmo estando em pleno século XXI, cerca de 80% de toda a energia produzida no mundo é de combustíveis de origem fóssil, fonte não-renovável. O aumento do consumo mundial dessas fontes naturais é uma conseqüência do crescimento das populações urbanas e dos níveis de industrialização, que apesar dos seus benefícios,proporcionam o aumento da emissão de poluentes provenientes da queima de combustíveis fósseis (FORNARO, 2006; SOUZA, 2007). Nesse contexto, pesquisas foram incentivadas a fim de produzir combustíveis alternativos oriundos de recursos renováveis e ambientalmente corretos. Os biocombustíveis, por serem produzidos a partir da biomassa, são uma boa alternativa frente aos combustíveis de origem fóssil. Além disso, reduzem significativamente as emissões de óxidos de carbono e óxidos de enxofre. O biodiesel pode ser preparado a partir da transesterificação de óleos e gorduras de origem vegetal ou animal ou da esterificação de ácidos graxos,enquanto o bio-óleo pode ser obtido por craqueamento (SUAREZ e MENEGHETTI, 2007).Muitos estudos têm sido realizados para o desenvolvimento de catalisadores alternativos homogêneo sou heterogêneos de transesterificação e/ou esterificação, que sejam eficientes e seletivos para a produção de biodiesel (GERIS,2007; DI SERIO, 2006). Devido a importante atividade catalítica exibida por compostos à base de estanho(IV) em reações de policondensação, poliesterificação e transesterificação para a obtenção de polímeros e intermediários (LEE et al., 2003; SIDDARAMAIAH, 2004),nosso grupo de pesquisa tem se dedicado à investigação destes compostos em condições de catálise homogênea e heterogênea, em reações de interesse comercial e estratégico como a reação de esterificação e transesterificação para a obtenção de biodiesel (FERREIRA, 2007; MENDONÇA,2009; SERRA et al., 2011; SILVA, 2013, DA SILVA, 2012).

Neste trabalho, um catalisador a base de estanho(IV)contendo diferentes ligantes coordenados foi empregado, em diferentes condições reacionais, na metanólise do óleo de soja para a obtenção de biodiesel. O objetivo principal foi avaliar a influência das condições reacionais frente à atividade catalítica do complexo de estanho (IV) na reação de metanólise do óleo de soja.

Nas reações de transesterificação, o óleo de soja comercial foi utilizado como fonte de triglicerídeo. Como álcool, foi utilizado o metanol, que é um álcool proveniente do gás natural, que apesar de possuir características tóxicas, é preferido devido ao seu baixo custo e maior reatividade, quando comparado a outros alcoóis.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 2, p. 741 (clique aqui)