imprimir

AUTORES: Anna Carolina Britto de Faria (UnB/DF, faricaca@hotmail.com) e José Alves Dias (UnB/DF, jdias@unb.br).

RESUMO: Visando a utilização de catalisadores que apresentem o mínimo de impacto ambiental possível e que possam ser aplicados em processos sintéticos em química fina e processos industriais, o uso de catalisadores heterogêneos é preferido em relação aos homogêneos. Dessa forma, através de estudos recentes foi descoberto que o H3PW12O40 (catalisador homogêneo) pode também ser efetivamente induzido na matriz de silício, pelo processo sol-gel e dessa forma tornar-se um catalisador heterogêneo, apresentando uma maior área superficial e por consequência um aumento da atividade catalítica. Essa inclusão ou encapsulamento tem sido alvo de pesquisas para produção de um catalisador eficiente e facilmente separável, que poderá ser utilizado em uma reação de esterificação para a produção de biodiesel, a qual é um processo com baixa constante de equilíbrio e lenta quando realizada em temperatura ambiente, mas que pode ser acelerada com o emprego do catalisador. Nesse trabalho foram sintetizados catalisadores heterogêneos pelo processo sol-gel, em diferentes proporções estequiométricas e com diferentes alcoóis de cadeia linear, de H3PW12O40 encapsulados em uma matriz de silício. A partir disso, foi realizada a aplicação dos materiais sintetizados em reações de esterificação do ácido oleico com etanol, para a produção de biodiesel – que teve sua conversão analisada por RMN 1H.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 2, p. 731