Trabalhos sobre biotecnologia industrial foram apresentados na Embrapa Agroenergia

28/09/2017 - 15:48

A biotecnologia industrial foi tema do IV Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia (EnPI 2017), que aconteceu entre os dias 25 e 27 de setembro, em Brasília/DF. O evento contou com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP/DF) e da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio).

Durante a cerimônia de encerramento, o diretor superintendente da Ubrabio, Donizete Tokarski, destacou a importância da parceria entre pesquisa e setor produtivo, com destaque para a evolução dos biocombustíveis no Brasil, rumo à descarbonização da economia.

“Nos últimos dias, a Ubrabio tem participado de diversas reuniões com o governo e parlamentares para implementação do programa RenovaBio, que tem tudo a ver com o trabalho que vocês estão fazendo, porque vai abrir um mercado cada vez maior para a produção de biocombustíveis”, contou.

Tokarski também elogiou a visão de futuro dos pesquisadores que reconhecem a relevância dos biocombustíveis no contexto da bioeconomia. “Infelizmente nós ainda temos setores atrasados que não têm essa leitura que vocês estão tendo, que enxerga a importância da produção de biocombustiveis associada à segurança alimentar, segurança energética, geração de emprego e reda no interior do Brasil, descentralização da indústria e geração de novas oportunidades, saúde e qualidade de vida”, ressaltou.

A agregação de valor e o surgimento de uma nova cadeia com o bioquerosene também foi pontuada pelo representante da Ubrabio. Segundo Tokarski, por meio de pesquisa e inovação, os subprodutos poderão ser transformados em coprodutos de maior valor para a economia nacional. “O bioquerosene é uma nova indústria que está nascendo no Brasil e nós já trabalhamos muito por isso. Daqui a alguns anos, muitos de vocês também estarão trabalhando com biocombustíveis de aviação”.

Tokarski também lembrou o compromisso assumido pelo Brasil ao ratificar o Acordo de Paris, de reduzir 37% das emissões de gases de efeito estufa, até 2025, e 43%, até 2030 e o papel da Embrapa Agroenergia de esclarecimento da sociedade e difusão de conhecimento.

Para chefe-geral da Embrapa Agroenergia, Guy de Capdeville, a parceria entre a Ubrabio e a Embrapa Agroenergia é importante para o fortalecimento do setor de biocombustíveis no Brasil. “Essa parceria é uma parceria constante. Nós temos desenvolvido ações de interesse para a agricultura, a indústria e a sociedade”, concluiu.

Leia também

Indústrias investem na biotecnologia

Por Ubrabio

União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene - Ubrabio - Todos os direitos reservados

SCN Quadra 01 Bloco C - nº 85 - Sala 304, Edifício Brasília Trade Center - Brasília/DF

CEP.70711-902 - Telefone (61) 2104-4411 - E-mail: faleconosco@ubrabio.com.br

  • Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
  • Embrapa
  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
  • Ministério de Minas e Energia
  • Casa Civil
Redes sociais
  • Facebook
  • Flickr
  • Linkedin
  • Twitter
  • YouTube
Moringa Digital Clique e conheça