[ARTIGO] Germinação de sementes de Crambe

27/04/2017 - 15:30

AUTORES: Heloisa Oliveira dos Santos (DAG/UFLA,heloisa.ufs@gmail.com), Júlio César de Araújo (DAG/UFLA, julioagri@gmail.com), Aline Marchese (DAG/UFLA, Alinemarchese@hotmail.com), Maria Laene Moreira de Carvalho (DAG/UFLA, mlaenemc@ufla.br), Antônio Carlos Fraga (DAG/UFLA, fraga@dag.ufla.br).

RESUMO: O Crambe, Abssynica hoeschst, é uma espécie originaria do mediterrâneo pertence à família das Brassicaceae e é uma cultura de inverno, altamente resistente à seca após o seu estabelecimento e tolerante à geada. Possui um ciclo curto 85 a 90 dias, com maturação uniforme. Sua semente é de formato redondo e de casca acinzentada, rende de 26% a 38% de óleo em relação ao seu peso, com ótima qualidade para a produção de biodiesel. São utilizados no seu plantio cerca de 12 a 15 quilos de sementes por hectares, um volume considerável, mas praticamente não existem informações sobre as condições ideais para a germinação da espécie, exceto pela recomendação de semeadura nos meses de abril a maio,conforme alguns autores indicando ser esta espécie pouco exigente em temperatura de germinação.

O objetivo deste trabalho consistiu no estudo dos efeitos de diferentes temperaturas e condições de luz sobre a germinação de sementes de crambe.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 1, p 643.

Por Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel

União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene - Ubrabio - Todos os direitos reservados

SCN Quadra 01 Bloco C - nº 85 - Sala 304, Edifício Brasília Trade Center - Brasília/DF

CEP.70711-902 - Telefone (61) 2104-4411 - E-mail: faleconosco@ubrabio.com.br

  • Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
  • Embrapa
  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
  • Ministério de Minas e Energia
  • Casa Civil
Redes sociais
  • Facebook
  • Flickr
  • Linkedin
  • Twitter
  • YouTube
Moringa Digital Clique e conheça