[ARTIGO] Cártamo como alternativa para cultivo de safrinha

16/11/2017 - 15:05

AUTORES: Guilherme de Oliveira Martins (G-ÓLEO/UFLA, guilherme.ambientalufla@gmail.com), Erika Tokuda (GÓLEO/UFLA, erikatokuda01@gmail.com), Douglas Pelegrini Vaz-Tostes (G-ÓLEO/UFLA, douglaspelegrini@hotmail.com), Geovani Marques Laurindo (G-ÓLEO/UFLA, geovanni_marques@yahoo.com.br), Camilo José Rodrigues Dal Bó (G-ÓLEO/UFLA, camilodalbo@gmail.com), Antônio Carlos Fraga (DAG/UFLA, fraga@ufla.br), Pedro Castro Neto (DEG/UFLA, pedro@ufla.br).

RESUMO: O programa nacional de produção de biodiesel vem estimulando a procura por novas espécies de plantas oleaginosas, anuais ou perenes, que possam ser incluídas na cadeia produtiva dos bicombustíveis. O cártamo (Carthamus tinctoris) é uma planta anual da família Asteraceae, originária das regiões áridas da Índia, que se adapta bem em terrenos profundos, pouco compactados, com pH próximo da neutralidade, em locais com temperatura amena e com um mínimo de 350-400 mmao longo do ciclo. É bastante resistente ao frio. A altura da planta de cártamo varia entre 30 e 150 cm, possuindo raízes extremamente fortes e caule com ramificações em número variável. Cada ramificação produz 1-5 capítulos de cor branca, amarela, laranja ou vermelha. Os frutos são do tipo aquênios, cada um dos quais com 15-30 sementes, na cor branca ou bege com cerca de 1 a 1,5 cm de comprimento, e um teor de óleo entre 30 e 45% (LICHSTON et al, 2010).O perfil de ácidos graxos do óleo de cártamo, dada a elevada proporção de polinsaturados, confere-lhe um alto valor dietético, sendo importante na redução dos níveis de colesterol e das doenças circulatórias e cardíacas. O óleo das variedades de cártamo contém cerca de 75% de ácido linoléico e é utilizado como óleo alimentar (VIVAS, 2002).No setor industrial é utilizado como secante em tintas e vernizes e por ser de cor clara e que não escurece com o tempo, sendo muito procurado para a fabricação de tintas de cores claras. Além disso, o óleo de cártamo também possui características analgésicas, anticoagulantes, anti-inflamatórias, antioxidantes, carminativas e diaforética, entre outras. Tendo em vista a necessidade de buscar novas fontes de matéria-prima para produção de energia, este trabalho objetivou estudar a possibilidade do uso do cártamo como alternativa para cultura no sul de Minas Gerais.

Trabalho Apresentado no 6° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 9º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel.

Trabalho completo: Livro 1, p. 601

Por Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel

União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene - Ubrabio - Todos os direitos reservados

SCN Quadra 01 Bloco C - nº 85 - Sala 304, Edifício Brasília Trade Center - Brasília/DF

CEP.70711-902 - Telefone (61) 2104-4411 - E-mail: faleconosco@ubrabio.com.br

  • Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
  • Embrapa
  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
  • Ministério de Minas e Energia
  • Casa Civil
Redes sociais
  • Facebook
  • Flickr
  • Linkedin
  • Twitter
  • YouTube
Moringa Digital Clique e conheça